Como funciona um financiamento imobiliário para comprar um terreno, casa ou apartamento?

Você já decidiu se quer comprar uma casa ou um apartamento, e acabou optando por comprar imóvel através de financiamento bancário. Nesse momento, é importante entender melhor como o processo funciona para conseguir tomar a decisão mais correta.

Via de regra, quando há financiamento bancário, o banco quita o preço do imóvel com o vendedor, e então você fica devendo para o banco esse valor que pode ser pago em parcelas.

Nessa circunstância, o imóvel, vai ficar vinculado ao banco (que o terá como garantia) até que você quite completamente o empréstimo, ocasião em que será “liberado” desse ônus. Normalmente esse modelo é o aplicado para terreno à venda, casa à venda ou apartamento a venda em Balneário Camboriú, Piçarras, Penha, Barra Velha e Timbó.

São vários os bancos que oferecem financiamento imobiliário. Normalmente as cooperativas de crédito, por sua vez, embora também liberem crédito para essa finalidade, não possuem taxas competitivas.

O que, normalmente, varia de um banco para outro são: as taxas de juros, os prazos de financiamento, e o valor máximo que o banco libera para financiamento. Nas cidades de Timbó, Balneário Camboriú, Penha, Piçarras e Barra Velha, bancos como do Brasil, Caixa, Bradesco e Itaú são opções importantes a serem analisadas para a compra de apartamento, casa e terreno.

Assim, é importantíssimo você fazer uma pesquisa com instituições financeiras e negociar esses itens também. Lembre-se: o banco é um prestador de serviços que tem você como cliente, se a proposta de um banco não atender suas necessidades você tem todo o direito de tentar negociar com outro.

Atenção: pequenas variações na taxa de juros, a longo prazo, podem fazer uma diferença gigantesca no valor total que você deve pagar, então sem contar os custos além do preço do imóvel esse é um dos itens fundamentais.

Outro detalhe importante é o que diz respeito ao montante que o banco vai emprestar a você. Cada instituição tem suas regras, mas o fator determinante é o valor da sua renda, que quanto maior for, maior será o valor liberado para você financiar.

Isso porque, o banco se sente mais seguro com quem tem uma renda maior e se permite emprestar mais. Nesse passo, conseguir comprovar a renda é fundamental. Se você é empregado com carteira assinada, é um processo mais simples, mas se for um profissional autônomo, por exemplo, um recurso muito usado é a apresentação da declaração de imposto de renda ou extratos bancários que comprovem sua movimentação financeira, o que dá uma noção à instituição da sua capacidade de pagamento.

É importante lembrar também, que, há casos em que é possível você usar o FGTS como entrada na compra e venda de apartamento ou casa, ou para quitar parte do parcelamento. O tipo de financiamento solicitado vai dizer, no seu caso específico o que é possível ou não no que concerne ao uso do FGTS.

Quando for se programar para o financiamento, lembre-se de guardar um espaço no seu orçamento para as despesas além do preço, como escritura, matrícula, ITBI e FRJ. Algumas linhas de financiamento te dão a opção de financiar esses custos, outros não. Mais um item para você negociar e avaliar com o banco que tem relacionamento.

Sempre tenha muito cuidado e atenção, nossa recomendação é que um contrato de financiamento para compra da sua casa, apartamento, terreno ou sala comercial seja lido antes por um advogado e a compra seja acompanhada por um corretor. Comprar imóvel é coisa séria, não seja negligente. O barato, pode sair caro!

Se tiver dúvida, você já sabe, conte conosco!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: